domingo, 30 de novembro de 2014

Na Cozinha da Cy #10

Fusilli com carne picada e natas

Ingredientes:
Massa fusilli
Carne picada
Azeite
Vinho branco
1 cebola média
3 dentes de alho
2 folhas de louro
Polpa de tomate
Natas
Sal

Preparação:
Picar o alho e a cebola. Colocar num tacho, juntamente com o azeite, a polpa de tomate, o vinho e o louro. Adicionar a carne picada. Juntar água até cobrir a carne e temperar de sal. Entretanto, quando a carne estiver a apurar, cozer a massa. Quando estiver feita, escorrer e juntar à carne picada. Adicionar as natas e envolver tudo.

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Orgulho materno

Não sei se é por ser o primeiro filho e por todas as experiências serem as primeiras, mas tudo o que se passa de novo com o meu pequenote me entusiasma como a uma criança numa loja de doces. Caiu-lhe o segundo dente. Ele acredita na fada dos dentes. O entusiasmo dele ao adormecer com o dente debaixo da almofada e ao acordar para ver o que lá está de manhã é contagiante. Chego a casa e ensina-me um novo cumprimento para o "dá cá mais cinco". Diz que me ama até ao infinito. Vem da escola com as tiras de velcro dos ténis em cruz, porque foi um amiguinho que lhe ensinou. Foi, pela primeira vez, ao teatro, com a escola. Aprendeu este ano o que é o São Martinho. Festejou, pela primeira vez, o Halloween. Começou a ir a festas de anos sem ser de primos ou amigos da família, mas sim de amigos dele. Evolui a cada aula de natação e de ginástica. Tirou fotografias de turma (e individual) na escola. Se tenho mais trabalho desde que ele foi para a escola? Sim, tenho. Pedem-me que vá mascarado no Halloween, que compre material no início do ano, que assine mil e um papéis e autorizações, que mande castanhas no S. Martinho, que mande rolhas, fitas, cápsulas de café e materiais para trabalhos manuais, que o ajude a decorar uma estrela de Natal... para não falar que, com a natação e a ginástica, pouco tempo livre me sobra. Mas ele enche-me de orgulho, caraças!

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Na Cozinha da Cy #9

Salada

Uma salada simples, onde apenas juntei cebola, pepino, tomate e um ovo cozido e temperei com sal e orégãos. Simples!

sábado, 22 de novembro de 2014

Natal na escola

Venho aqui pedir-vos a vossa ajuda! 

O meu filho trouxe para casa uma estrela de cartão para nós decorarmos com ele e enviar de volta para enfeitar a sala dele. Ideias, dêem-me ideias!

O segundo pedido tem também a ver com as decorações de Natal na escolinha dele. As educadoras pediram para os pais mandarem cápsulas de café coloridas, como as da Nespresso, com preferência pelos dourados, vermelhos e verdes, mas se forem de outras cores, também aceitam. Se me puderem ajudar nisto... e reunir cápsulas destas para me enviarem eu agradecia profundamente.



sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Tamanho perfeito




Every inch of you is perfect from the bottom to the top
Yeah, my momma she told me don't worry about your size
She says, boys they like a little more booty to hold at night
You know I won't be no stick-figure, silicone Barbie doll


Já achava graça a esta música quando a ouvia na rádio, depois fui ver o videoclip e a letra e fiquei totalmente fã!


quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Da nudez

Hoje surgiu este tema no trabalho e confesso que não sei bem que opinião tenho acerca disto: a nudez perto dos filhos. Até há poucos meses, não impedia o meu filho de entrar na casa de banho quando eu lá estava, de entrar no quarto quando eu me estava a vestir ou de tomar banho comigo. Agora que ele está mais crescidinho, achei que talvez fosse altura de começar a incutir-lhe algumas barreiras. Já não toma banho comigo, só com o namorido e evito o resto também. No entanto, uma colega minha, que tem um filho de 19 anos, diz que não há preconceitos desses na casa dela, tanto ela, como o marido e o filho são capazes de sair do banho e passarem todos despidos uns pelos outros, na boa, ou estar na casa de banho de porta aberta. E a vossa opinião qual é?

terça-feira, 18 de novembro de 2014

Eu vi um gatinho

Tem andado um gato preto aqui à porta do meu prédio que das duas uma: ou é vadio e alguém lhe deu comida, ou foi abandonado. Eu aposto mais no abandonado, porque ele é muito amigável. E os gatos de rua são esquivos, desconfiados. Este gatinho que anda aqui a rondar a rua não me largou hoje de manhã. Enquanto não saí da porta do prédio à espera da boleia para o trabalho, roçou-se nas minhas pernas como se não houvesse amanhã e miava, miava, miava. O meu filho achou-lhe um piadão!

domingo, 16 de novembro de 2014

Síndrome do coleccionador

O meu filho colecciona tudo o que possam imaginar. Não falo apenas de cromos ou destas garrafinhas de iogurte que aparecem na imagem.


A minha criança faz colecção de pacotes de lenços vazios, papéis de rebuçados, dos plásticos onde vêm as palhinhas, rolos de papel higiénico, rolhas, bolinhas feitas por ele com o papel  de alumínio onde embrulho o pão para o lanche dele... e toda a espécie de lixo que possam imaginar.

sábado, 15 de novembro de 2014

Closure issues




Por vezes, ao ver esta série, A Teoria do Big Bang, apercebo-me que tenho algumas semelhanças com este Sheldon. Ele só se senta num sítio do sofá. Sofro do mesmo problema, chego a pedir ao namorido para chegar para lá, só para eu ficar ali. O Sheldon é picuinhas com tudo o que possam imaginar. Eu também! E, neste episódio, é abordado o problema dele com finalizações. Começa com a frustração deste personagem quando uma série que ele acompanha é cancelada, ficando com o final pendente. Esta questão chateia-me MUITO, fico enervadíssima quando uma série que estou a ver entusiasticamente é cancelada. E nestes vídeos vê-se todo um rol de finalizações que ele precisa ver concretizadas. É engraçado e, assustadoramente, revejo-me! Terei um problema? 

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Da Casa dos Segredos

Sim, sei que muita gente fala mal, muita gente diz que é o lixo da televisão portuguesa, mas não me lixem. "Toda" a gente vê. E as aspas são pela pequena percentagem de pessoas que fala a verdade quando dizem que não vêem o programa. Porque as há.

Posto isto... para quem não vê, passem este post, não irão saber do que falo. Para quem vê, digam-me cá... esta Liliana não mete nojo já? Chifra o namorado de anos em plena televisão, anda aos amassos, beijos, strips e roça-roça com o outro. E tem a cara de pau de dizer que se preocupa com a imagem dela cá fora? Ahahahahah, adoro! É muito, mas muito bom.

Amor de filho

Filho: Amo-te até ao sol quando se põe! (o sol quando se põe está mais longe, não é, mãe?)

Ora... não é fofo?!

terça-feira, 11 de novembro de 2014

Legionella

O pânico. Qualquer dia, andamos com máscaras na rua. A cada dia que passa, parece que surge uma qualquer porcaria nova para espalhar o pânico e minar a saúde das pessoas. Afinal, podemos tomar duche ou nem por isso? Os duches nos balneários, nos chuveiros públicos, são de evitar ou não há necessidade? O perigo está nos ares condicionados? Caramba, alguém que me elucide, que esta falta de informação dá-me cabo do sistema nervoso! Sim, porque... se há coisa que me perturba é perder o controlo. E este tipo de coisas é impossível de controlar, prever, contornar. Não gosto de me sentir impotente, especialmente em coisas tão graves e importantes como esta, em que é urgente descobrir a origem, como se propaga e que medidas tomar para prevenir.

quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Novidades... das boas!

Número um: a deixar de fumar! Duas semanas sem tocar no tabaco.
Número dois: vou inscrever o meu pequenote na ginástica amanhã. Ele foi a uma aula aberta e adorou aquilo!